Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

26.09.17 - Aposentados empreendedores - Victor Fazollo Calçados.

Da Comunicação Sinpol-DF

Diniz e Victor administram juntos a marca, lançada em 2013 (Fotos: Lucas C. Ribeiro/Sinpol-DF)

Ao longo de mais de 26 anos de carreira, o agente de polícia aposentado Luiz Gonçalves Diniz passou por diversas unidades da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), onde sempre trabalhou em linha de frente. Hoje, ele aplica esse conhecimento adquirido na instituição para desenvolver uma série de produtos que são vendidos pela Victor Fazollo: uma loja de roupas, calçados e acessórios que abriu junto com o filho – que dá nome à marca.

Tudo começou com uma viagem a Franca, cidade do interior paulista conhecida como a capital nacional do calçado. Apesar de terem viajado com o propósito de comprar para si, lá, pai e filho tiveram a oportunidade de conhecer as fábricas e entender melhor o funcionamento das vendas para varejistas.

Victor trabalhava com gastronomia, mas queria mudar de área

Na época, Victor atuava na gastronomia, mas já tinha o desejo de mudar de área. Cada vez mais próximo da aposentadoria, Diniz também estava aberto a novos planos. Foi então que tiveram a ideia de investir no setor de moda e deram os primeiros passos em direção à abertura da loja.

Depois de muita preparação e estudo sobre o varejo de moda masculina em Brasília, nasceu, em 2013, a Victor Fazollo – uma combinação das diferentes experiências de vida dos dois sócios. Apesar de atuarem em parceria, Victor desenvolveu, sobretudo, a linha casual, que tem um apelo mais jovem. Diniz, por sua vez, criou a linha tática operacional.

PRÁTICA

Calçados da linha tático-operacional foi desenvolvido com base na experiência do Diniz na ativa

Na PCDF, o agente de polícia atuou na antiga Delegacia de Vigilância e Captura (DVC); na carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE); Divisão de Operações Especiais (DOE); Divisão de Repressão ao Sequestro (DRS); Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV); Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente a à Ordem Urbanística (Dema) e nas 3ª;4ª ;10ª;15ª; 27ª; 17ª; 23ª e 38ª delegacias circunscricionais.

“Eu passei por várias delegacias e nunca atuei na área administrativa. Sempre trabalhei na linha de frente, com investigação ou plantão”, lembra Diniz. “Por conhecer bem o trabalho e entender as principais necessidades de quem segue esse tipo de atividade, eu decidi desenvolver um calçado especial voltado para os policiais que trabalham na rua”, conta.

Segundo o policial aposentado, além da beleza das peças, os produtos dessa linha foram desenvolvidos pensando, principalmente, em conforto e resistência. “Esses coturnos são todos de couro, sempre costurados, forrados por dentro e com palmilha em gel transpirável. Eles aliam um design moderno ao que há de melhor na indústria de calçados, em termos de qualidade”, acrescenta Diniz.

Além da tática operacional, que também faz sucesso entre os motoqueiros, ainda integram o portfólio da Victor Fazollo as linhas casual, social, conforto e infantil, que recebem a mesma atenção aos detalhes e o mesmo cuidado com cada peça.

“Para desenvolver nossos produtos, nós estamos atentos às tendências, mas também estamos sempre atrás de novidades, buscando produzir algo que nunca foi feito”, ressalta Victor. Um exemplo são os calçados que contam com uma válvula exclusiva no solado que permite a renovação do ar em seu interior. Pensado para quem passa muitas horas calçado, o mecanismo serve para refrescar e evitar a formação de odor no sapato.

FUNCIONAMENTO

Pai e filho definem cada detalhe das peças vendidas e terceirizam a fabricação com diferentes empresas. Entre os fabricantes utilizados estão a Samello e a Fasolo, marcas já tradicionais no mercado brasileiro. “A gente desenvolve o modelo com o nosso olhar e de acordo com as especificações que interessam o nosso público e eles fabricam com a qualidade e experiência que possuem”, resume Victor.

À medida que ganharam mais experiência, eles também passaram a ampliar a gama de produtos vendidos. “Nós começamos só com calçados, fomos partindo para acessórios, e, mais recentemente, para vestuário”, relata Diniz. Hoje, a loja conta com sapatos de diferentes estilos, botas, relógios, óculos, pulseiras, camisas, camisetas, jaquetas e até mesmo produtos de cuidado e manutenção de couro que levam a marca Victor Fazollo.

Um dos principais expositores do Brasília Capital Moto Week, eles tiveram o segundo maior estande de vendas durante a última edição de 2017. A parceria tem dado tão certo que, durante o restante do ano, a Victor Fazollo virou também o destino oficial para quem deseja adquirir os produtos que levam o selo do evento.

MUDANÇAS

Nos primeiros anos de funcionamento, a empresa contava com uma loja física, localizada no Vip Mall, em Vicente Pires. No entanto, a fim de reduzir os custos operacionais em um momento de crise econômica, eles decidiram fechar o espaço, restringindo a operação, a partir de 2016, sobretudo, ao site, além das vendas para diversas lojas multimarcas do DF.

A loja online está estruturada para receber e atender pedidos de qualquer lugar do Brasil e do mundo. Além do depósito, de onde partem os envios, hoje, também em Vicente Pires, é mantido uma espécie de showroom, onde os clientes podem ver os produtos de perto.

“Para o futuro, o nosso propósito, além de manter as vendas pela internet, é voltar a ter uma loja física, dessa vez em uma região mais central, e continuar expandindo sempre”.

SERVIÇO

Site: http://www.victorfazollo.com.

Para visitar o showroom e conhecer os produtos pessoalmente, é preciso marcar o horário, entrando em contato com o policial, ou com o filho dele, Victor, por meio dos números(61) 3049-1209 ou (61) 99135-5496 (WhatsApp).

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.