Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Documentário foi produzido pelo policial civil ao longo dos últimos quatro anos (Fotos: Lucas C. Ribeiro/Sinpol-DF)

No último mês de setembro, o policial civil do DF Denilson Félix foi o grande vencedor da Mostra Brasília, competição exclusiva para produções locais que integra a programação do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Além de levar para casa o 22º Troféu Câmara Legislativa, a vitória também rendeu ao agente de polícia e cineasta o convite para o Festival de Cinema da Bienal Internacional de Arte de Curitiba, que ocorre entre os dias 9 e 19 de novembro na capital paranaense.

Os feitos foram alcançados com “O fantástico patinho feio”, documentário produzido por Denilson ao longo dos últimos quatro anos.

Leia Mais

O longa-metragem conta a história de quatro garotos que, na década de 60, mesmo com um carro produzido em um fundo de quintal, alcançaram a segundo lugar nos “500 km de Brasília” – na época, umas das maiores provas de automobilismo do Brasil. Em seguida, graças ao carro batizado de Patinho Feio, fundaram a lendária oficina Camber.

SUCESSO

Quanto à participação no Festival de Brasília, Denilson revela que, apesar de seguro quanto à qualidade cinematográfica do documentário que produziu, chegou a ficar apreensivo em razão de os demais concorrentes terem um forte cunho de engajamento social ou político.

“Os outros filmes tratavam de causas, já o meu era puramente de cinema, contando uma história. Por isso, ainda que eu estivesse confiante, ter vencido também me pegou de surpresa”, ressalta o agente de polícia.

Além da felicidade com a vitória – concedida pelo júri técnico –, ele conta que também ficou satisfeito com a avaliação do público presente. “As pessoas receberam o filme muito bem. Durante a exibição, dava para perceber que o pessoal estava acompanhando atentamente e realmente envolvido e, ao fim, o público também demonstrou a aceitação com bastante entusiasmo”, avalia.

TRAJETO

A realização do filme foi iniciada em 2013, graças a recursos obtidos por meio de edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC). O valor recebido, no entanto, não foi suficiente para cobrir todos os custos da produção e etapas como montagem e trilha sonora foram feitas graças ao apoio de amigos.

“Foi uma luta muito grande até chegar lá, mas a exibição no festival foi ótima e ter recebido o prémio foi sensacional”, afirma o policial cineasta.

Com a vitória da Mostra Brasília, a premiação em dinheiro o ajudará a pagar pelo trabalho desses parceiros e a planejar a contratação de serviços de legendagem, para que, no próximo ano, possa levar o documentário também a festivais internacionais.

Denilson conta que, inclusive, já deu início ao processo de inscrição do filme em alguns desses eventos.

Para o festival curitibano, entretanto, o agente de polícia nem precisou se inscrever; ele foi convidado em razão do sucesso obtido em Brasília. “Receber um convite desses é mais um atestado da qualidade do filme e de que ele tem um grande atrativo”, pontua Denilson.

Na Bienal de Curitiba, “O fantástico patinho feio”, que foi exibido na última quarta, 15, é um de sete longas que, em meio a cerca de 20 produções, concorrem na mostra Circuito Brasileiro.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.